O Papel do Executivo de projetos

Há vários anos ministrando aulas em MBAs de Gerenciamento de Projetos e realizando palestras sobre o assunto, venho estimulando meus alunos e defendendo que o Executivo de Projetos deve complementar suas competências.

Além das competências técnicas, chamadas de hard skills, são indispensáveis para um bom profissional as habilidades interpessoais, chamadas de soft skills. Pois além do domínio técnico este profissional teve ter uma visão sistêmica da importância de sua atuação e fazer o papel de integração de várias áreas para atingir os objetivos de seus projetos.

Para as organizações, em sua constante busca por melhores resultados, é cada vez maior a demanda pela versatilidade e diferentes habilidades destes profissionais.

Mas o que diz o PMI, que é maior instituição de gerenciamento de Projetos no mundo, sobre o papel do Gerente de Projetos? Segundo o guia de boas práticas, o PMBOK, “o Gerente de Projetos é a pessoa alocada pela organização executora para liderar a equipe responsável por alcançar os objetivos do projeto”.

Visando atender a demanda de profissionais mais completos, que eu chamo de Executivos de Projetos, o PMI criou um modelo para que os gerentes de projeto possam expandir sua atuação e impulsionar sua carreira com esse novo leque de habilidades, o chamado Triângulo de Talentos.

Triangulo das habilidades_radardeprojetos

O triângulo de talentos é composto por técnicas de gerenciamento de projetos, liderança e de gestão estratégica de negócios. Cada uma dessas habilidades requer conhecimentos, métodos e ferramentas que o gerente de projeto deve dominar para aumentar a atratividade de seu perfil para as organizações e potencializar seus resultados.

Além de entregar os projetos conforme planejados, será ainda mais importante saber se os projetos executados são os que melhor atendem ao planejamento estratégico das organizações. Não basta apenas entregar no prazo, no custo e na qualidade planejada, é preciso gerenciar o Portfólio das organizações e entender qual é o melhor projeto, mais rentável ou de acordo com os critérios de seleção e priorização, mais adequado para ser realizado.

Com os projetos certos, entregues e acordo com o Planejamento, o Executivo de Projetos otimiza os recursos e garante um melhor ROI (retorno sobre o investimento) das organizações.

Com este novo perfil, desenvolvendo Liderança, competência na gestão de projetos e gerenciamento estratégico o Executivo de Projetos estará com certeza, mais completo e preparado para atingir sucesso em seus Projetos!

 

Sobre o autor:

Marsal Melo é Gerente de Projetos, Professor MBA de Gerenciamento de Projetos, Presidente PMI-GO, Diretor de Comunicação da COMTEC.

Fonte: Publicado originalmente no site da COMTEC Goiás

Voltar